Susana Domingos Gaspar

Susana Domingos Gaspar
Nacionalidade: 

(1980, Torres Novas)

Licenciou-se Dança, ramo de Espectáculo, na Escola Superior de Dança, estudou Coreografia no Programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística, Dança na Comunidade, no Fórum Dança e pós-graduou-se em Fasciaterapia/Somatologia. Trabalhou com Né Barros, São Nunes, Madalena Victorino, Ainhoa Vidal, Marina Nabais, Filipa Francisco, Vera Alvelos e Aldara Bizarro. Fez assistência coreográfica de Manuela Pedroso e Costanza Givone. Coreografou “Registo” (2005), "Enleio" (2006), "As árvore ligam os pássaros à terra" (2007), "Foi como se o chão a engolisse" e "O Rebusco das castanhas" (2009), “Morro onde me prendo” (2010), "Uma artista ao domicílio" (2013), “Ostinato Cantabile” (2015), "Lava" e "Ka" (2016), "Catalága" (2017) e “Classe do Jaime” (2018). Colaborou com o Teatro de Montemuro e a Amarelo Silvestre, na área do Teatro. Desenvolve trabalho pedagógico desde 2002 e fez mediação cultural no Museu Municipal Carlos Reis, entre 2015 e 2018. Desenvolveu trabalho político, sindical e associativo. Integra a Habita! a Stop Despejos! e o Coro Lopes Graça.

Artista