Rogério Jacques

Rogério Jacques
Nacionalidade: 

Nasceu em Macau, em 1958. ”Incompletou” o curso de História, da UCL.
Co-fundador da Raiz de Um, onde produziu filmes institucionais, publicitários, videoclipes, bem como filmes documentais em 16mm para a RTP (1987/91).
Em 1992, inicia-se a criar vozes para séries de desenhos animados.

Frequenta curso de expressão dramática e Workshops no Centro Em Movimento, com Luca Aprea (na Comuna), com John Frey (NY) - técnica de Meisner (na ACT), com António Calpi iniciou-se na técnica do Método (Lee Strasberg) e desde 2005 que é formando de Marcia Haufrecth (NY).
Colabora regularmente com a Éter – Produção Cultural (desde 2010) e o Chão d’Oliva – Centro de Difusão Cultural de Sintra (desde 1999) e tem trabalhado com a Companhia de Teatro de Sintra, o Teatro do Elétrico, o Teatro Extremo, o Teatroesfera, Proto – Intensive Art Care, o Bica Teatro, o Teatro das Botas, o Baú d’Ideias, a Fundação Cultursintra, o Teatro Maizum e nos espectáculos de rua d’O Bando: Réspublica (2010), Madrugada-25 anos do 25/4/74 (1999) e Peregrinação (EXPO 98).


No cinema, participou nas curtas Bestas e Ninguém, em Batepá (de Orlando Fortunato), Tomai Lá do O’Neill (documentário de Fernando Lopes), documentário Masterclass Cerejal #3. Os actores (direção de Pedro Saavedra), Inês de Portugal (de J.C.Oliveira) e pequenas participações em Que Há de Novo no Amor (vários), Lovebird (de Bruno de Almeida), Call Girl (de A.P.V.), co-produções europeias e curtas experimentais e universitárias.


Na TV, fez parte do elenco da série Bem Vindos a Beirais, da novela Filha do Mar, de Rebelde Way, Morangos com Açúcar I, Capitão Roby, Trapalhões em Portugal, e participou em telefilmes e episódios de variadíssimas séries e novelas. 


Há mais de 25 anos que faz dobragens de vozes para séries de desenhos animados: Navegantes da Lua, Cavaleiros do Zodíaco, Roko, Fundação Hantik, Corto Maltese, Jerónimo Stilton, One Peace, entre muitas outras.


Foi co-fundador e Produtor do Baú d’Ideias - teatro para o ensino (2002/6). Deu aulas e ateliês a crianças e adolescentes e colabora na Mostra de Teatro das Escolas de Sintra (desde 2000).

Artista