Filipe Abreu

Filipe Abreu
Nacionalidade: 

Tem o curso de Interpretação da EPTC (2012). Ingressou no curso de Actores da ESTC, que trocou pelo curso de Produção de Teatro, no qual se licenciou em 2017. Fez a Oficina de Teatro dos Primeiros Sintomas (2016). Trabalhou com encenadores como Carlos Avilez, Teresa Côrte-Real, Pedro Caeiro, Bruno Bravo, Leonardo Garibaldi, Gonçalo Amorim, Luis Guenel, Francisco Medina, Luís Moreira e Miguel Maia. Trabalhou textos de mais de 30 dramaturgos. Em teatro de rua trabalhou junto dos Ten_Tart e do Projecto Ez. No cinema participou em obras de João Pedro Rodrigues, da dupla André Santos e Marco Leão, de Miguel Clara Vasconcelos, de Matilde Calado, de Henrique Prudêncio e de Marguerite de Hillerin e Félix Dutilloy-Liégeois. Faz dobragens e televisão desde 2011, do qual se destaca a participação em "Valor da Vida" (2018/2019). Fundou e dirige a Inquietarte desde 2013. Desde Março de 2017 co-dirige com o Miguel Maia o Festim de leituras de peças de teatro chamado "Esta noite grita-se", com a Companhia Cepa Torta, da qual também faz parte.

Artista