Monumentos em acção

Lucía Nacht / Argentina / Performance

‘Monumentos em Acção’ procura questionar o aspecto totalitário, supremo e indestrutível que se pode ter em relação à criação de um monumento e, assim, poder deslocar a figura
monumental para o outro lado da História, contada pelas minorias sociais.
No espaço seleccionado, os intérpretes criam uma cartografia em tempo real. Desta forma, encontram maneiras diferentes de se relacionarem com o espaço e com o público, criando monumentos que falam de corpos que foram silenciados.


Ideia e Direcção: Lucía Nacht
Assistente de Direcção: Gabriela Passos


No espaço seleccionado, os intérpretes criam uma cartografia em tempo real. Desta forma, encontram maneiras diferentes de se relacionarem com o espaço e com o público, criando monumentos que falam de corpos que foram silenciados.

Esta proposta é baseada na investigação da performance “Monumentos em Acção” que foi desenvolvido no bairro da Mouraria. Neste projecto exploramos a criação de monumentos humanos onde é abordada a poética da ausência do corpo e, ao mesmo tempo, a intervenção espacial e a sua relação com os corpos em manifestação.

O trabalho procura questionar o aspecto totalitário, supremo e indestrutível que se pode ter em relação à criação de um monumento e, assim, poder deslocar a figura monumental para o outro lado da História, contada pelas minorias sociais.

O público faz parte do trabalho transformando-se no sítio da memória,  ao mesmo tempo em que o espaço é mapeado de acordo com o sítio onde o público está localizado.

 


 

Monumentos em Ação
construção de uma memória coletiva

 

A performance procura questionar o aspecto totalitário, supremo e indestrutível que se pode ter em relação à criação de um monumento e assim poder deslocar a figura monumental conseguindo falar sobre os corpos que foram silenciados: as minorias sociais.

O projeto desenvolve a questão de como uma comunidade constrói uma memória colectiva.

No espaço público, vários intérpretes criam uma cartografia em tempo real construindo monumentos que falam sobre a comunidade: a sua história, as suas relações sociais, as suas esperanças e medos. Como as questões sociais podem afetar a forma como uma comunidade está relacionada e, consequentemente, o espaço público? 

A audiência faz parte do trabalho transformando-se no sítio da memória, ao mesmo tempo em que o espaço é mapeado de acordo com o sítio onde a público está localizado.

 


A partir de: 
18 de Março de 2019 to 31 de Março de 2019

Projecto Principal

Pessoas Relacionadas

Parcerias